Seguidores

sexta-feira, 8 de maio de 2009

SAUDADE III




Saudade é o soluço da emoção
Que ontem se chamava amor
É o luto da alma e do coração
Dói, e deixa no corpo um torpor

São tantas as minhas saudades
Navego em rio de lágrimas
Deságuo no mar da ansiedade
E aqui contemplo o mar feito um fantasma!

Diná Fernandes

Um comentário:

Leela disse...

é difícil, porque a saudade machuca, mas é melhor ainda quando matamos a saudade de quem amamos.
belo poema.