Seguidores

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Meu Perdão
















Num ímpeto caístes aos meus pés
Prometendo doces juras... acariciou-me
Em lágrimas carinhosamente falou...
Dá-me seu perdão...não me olhe assim de revés

Coração bandoleiro este meu
Bobo, descompassado ficou
Por isso meu perdão eu te dou
Emocionada pelo gesto teu

Quero te amar todo santo dia
Você faz minha cabeça girar
O meu coração fracassar
Enleva-me em doce magia!

Apaixonada e embriagada estou
Tenho fome de ti minha segunda vida
E que não mais provoques ferida
Nesse coração que sempre te amou

Diná Fernandes






3 comentários:

Denise disse...

Que lindo amor declarado.

gosto sempre quando venho por aqui,apareça lá por "casa".

beijo

Denise

Luis F disse...

Belas as palavras num momento escrito com sentimento.

Parabéns

Com amizade
Luis

Sulistatche disse...

Poetisa meu sempre saboreio teus versos e nunca canso de falar que me embriago com eles.Esta em particular expressa uma sinceridade pra lá de emocionante.Beijinhos no coração amiga.Sady Mac