Seguidores

sexta-feira, 26 de março de 2010

Sob os olhos de Deus!


Caminhar por terra salitrada
Sem o temor da má-aventurança
Nas quatro direções sentir-se vigiada
Sob os olhos de Deus, guardada com segurança

A estrada a percorrer é ilimitada
Há veredas que não inspiram confiança
Atenta, prá não se perder no deserto da vida
Neste tempo de incertezas, é preciso temperança

Caminhar por rotas infindas? Caminhe...
Criar um marco de referência, e com Deus, aliança
Dar acabativa nas propostas indefinidas
Almejando futuros dias de bonança

Entre erros, acertos, e algumas recaídas
Mastigar o infortúnio, lutar com pujança,
Sucesso não há, sem vida aguerrida
Alcançar o último degrau, requer mudanças

Diná Fernandes











2 comentários:

Liz Dantas disse...

desse lhar,nenhum de nós escapa
Beijos

Dina a Ciganinha disse...

Liz,
Obrigada por sua benfazeja visita. É verdade amiga!
Seus comentários são sempre bem-vindos!
bjs!