Seguidores

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Palavras perdidas





Duro é ver o Mestre
professar para seus discípulos
desatentos,
alienados,
materialistas...
Suas idéias e conhecimentos
de formador e multiplicador
com todo empenho,amor
e paciência, e ao
mesmo tempo perceber
que seus ensinamentos
são ignorados por uma
boa parcela de criaturas
que mais tarde terão
na vida adulta que caminhar
com seus próprios pés,
e que por ignorância jogam para o alto
o valor do ensinamento,
sem se darem conta
de que o conhecimento
é a base da transformação,
é a forma eficaz de dominar o mundo.

Pobres jovens
desatentos,
alienados,
materialistas...
Mais tarde, nem tão tarde,
Como disse um poeta
“O Professor Sofrimento
“Visita-nos e nos fala”
Difícil é compreender
e aceitar que essa hora
chegará e encontrará
tantos despreparados
para a vida nada fácil
de um mundo de
incertezas e crueldades.

Diná Fernandes



4 comentários:

Meus Poemas disse...

Olá, querida amiga Diná! Que excelente matéria poética, sensibilizadora e conscientizadora sobre a importância do aprendizado, entre docentes e discentes!Parabéns! É um prazer e honra minha, fazer parte de tua comunidade poética! Ser tua seguidora!
Carinhoso abraço!

Carlos Rímolo disse...

Minha querida amiga e poetisa!!!!
Belíssimo texto. Interessantíssimo. Adorei!
Meus parabéns!
Beijos de luz!

POETA CIGANO - 15/07/2010

www.carlosrimolo.blogspot.com

Sônia Rêgo Poetisa disse...

Querida, que bom que nos conhecemos, tudo acontece assim, como tem que acontecer , através de vc quantoa gente linda acabei conhecendo, belos poetas e suas poesias de muito bom gosto.
Seu blog também está bem formado .Parabéns mesmo Grande beijo. Sônia Rêgo.

Neneca Barbosa - Um ser humano em evolução! disse...

Querida Diná, adorei seu texto.Sempre nos trazendo construções poéticas que servem de reflexões para o despertar da nossa consciência. Beijos, Neneca.