Seguidores

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

CANSEI DE ESPERAR














São três horas da matina
Oh! que noite tão insone...
Esperando igual menina
Na ânsia que toque o telefone

Da janela vejo a esquina
Te procuro em cada canto...
A espera em vão, me alucina
Pouco a pouco, perde-se o encanto

Já não cumpre-se, mais o ritual
Da chegada , sempre na madrugada
Que no meu leito divinal entre macios cetins
Indócil . te esperava para se amada

Sonhando , esperando e acordando
Pensamento inquieto... confusa...
Se não vens? Não faz mal...sigo amando
Haverá quem acredite nas tuas juras?

Saio dessa mesmice, esqueço o tempo perdido
Agora, liberta das amarras e das agruras
Minha vida ganhou um novo sentido
Despeço-me de ti ... e também das amarguras

Um novo amor , uma nova vida
Meu coração parece até vulcão
Amando , e assim tão preenchido
Solta lavas, ele arde de paixão.

Diná Fernandes

2 comentários:

CD Promessa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daniel Lima disse...

Olá...Minha Linda!!
Amei tudo isso...
Vc é Nota 1000...bjão p vc!!!!